• Camila Saraiva

Reflexões sobre a parentalidade

Atualizado: 17 de mai.

"Tornar-se pai e tornar-se mãe é um longo percurso que se inicia muito antes do nascimento de um filho." - Silvia Zornig


Pra você que já é ou deseja se tornar pai ou mãe um dia, já pensou que a sua parentalidade começou a tomar forma na sua infância?


A forma como seus pais ou figuras próximas de cuidado e afeto te criaram, a presença ou ausência deles, sua vivência pessoal como filho(a) pertencente a um sistema complexo, seja ele grande ou pequeno, cheio de influências transgeracionais invisíveis, de histórias que você sequer conhece mas que vêm desde os seus pais, avós, bisavós... Tudo isso afeta o pai ou mãe que você é ou será. Seja tomando como exemplo ou querendo fazer diferente do que te foi dado.


E aí você se junta a um(a) parceiro(a), fazem planos de ter uma família juntos(as). Cada um vem com suas próprias referências da família de origem de como um pai e uma mãe devem ser, e isso não somente vai nortear como cada um vai exercer seu papel, mas também afeta o conceito que um tem do papel do outro.